Checklist do veículo completo para colocar em prática na sua loja de carros

Administrar uma revenda de veículos não é das tarefas mais simples. Da entrada e saída de veículos ao atendimento pós-venda, gerenciar uma loja de carros envolve uma série de tarefas e rotinas que, sem uma boa gestão, podem causar muita dor de cabeça no dia a dia da empresa.

Por isso, para buscar manter um padrão de qualidade e ajudar a organizar esses afazeres, é fundamental que se tenha em mente todas as atividades e deveres a serem cumpridos diariamente. E, para isso, nada melhor que fazer a boa e velha lista de afazeres.

Nos dias de hoje, fazer um checklist pode parecer uma tarefa sem muita utilidade, ainda mais com toda a tecnologia que se tem à disposição para nos lembrar de todos os deveres que devem ser feitos. Porém, em um mercado competitivo e que exige profissionalismo, confiar apenas na boa memória das pessoas em relação às suas tarefas diárias não é uma opção. E é aí que entra a lista de checagem.

Ter uma checklist para colocar em prática nos diferentes setores e áreas da sua loja de carros vai ajudar a mantê-la organizada e funcionando de maneira eficiente. A lista não serve somente como um guia para ajudar os funcionários a entenderem melhor as tarefas, mas principalmente para evitar surpresas e deixar tudo em ordem em relação ao maior bem da empresa: os veículos. Isso proporciona a criação de um fluxo de trabalho muito mais completo e eficaz, reduzindo o risco de erros e padronizando processos.

Vantagens da checklist de veículos

A lista de checagem para veículos funciona como qualquer outra: elenca-se uma série de atividades a serem feitas em determinado período. Cada tarefa finalizada é riscada da lista e passa-se à seguinte.

Esse sistema pode ser implantado em qualquer setor da empresa, incluindo itens deste a compra de produtos e trâmites burocráticos até, principalmente, a conferência detalhada de veículos que chegam ao estoque, seja por meio de compra, consignação ou negociados em uma troca.

Essa padronização do serviço garante um maior controle por parte do gestor e uma série de outras vantagens. Confira:

Maior Produtividade

Como comentamos, contar com uma checklist de veículos ajuda a padronizar o fluxo de trabalho, aumentando a eficiência e a rapidez da sua equipe. Uma lista bem feita irá direcionar as tarefas específicas que devem ser feitas em cada veículo, como consertos, reparos, limpeza, contratos ou outros documentações.

É comum receber carros que precisem de pequenos reparos, na lataria ou no interior, por exemplo. Obviamente esses defeitos devem ser consertados para que o veículo fique na melhor condição possível para ser negociado.

Sendo assim, uma lista de checagem com todas as etapas do reparo vai tornar o trabalho muito mais rápido, evitando que se pule etapas e garantindo que tudo foi cumprido devidamente.

Mais Segurança

Ao receber um novo veículo na sua revenda, é preciso ter certeza do estado em que ele se encontra, evitando possíveis dores de cabeça para a sua loja e, especialmente, para um futuro comprador. Problemas durante a apresentação do veículo ou logos nos primeiros dias após sua venda são os piores cenários possíveis, trazendo prejuízos financeiros e para a imagem da empresa.

Desse modo, tão logo o carro seja entregue, é fundamental ter em mãos uma checklist para conferência completa do veículo, verificando uma série de itens estéticos e mecânicos, como lataria, motor, amortecedores, suspensão, entre outros.

Mais Organização

É comum que os membros da equipe estejam ocupados com diversos veículos no seu dia a dia, lidando com inúmeras informações e afazeres. Assim, é natural que a pessoa tenha momentos em que perca o foco, deixando tarefas inacabadas ou tentando resolver dois ou mais deveres ao mesmo tempo.

Uma checklist completa é essencial para manter uma rotina mais organizada e ajudar o funcionário manter-se focado e realizar uma tarefa por vez, do começo ao fim. No caso da checagem de veículos, de nada adianta chegar motor e suspensão sem sequer ter visto o básico na lataria e interior, por exemplo.

O que não pode falta na sua checklist

A seguir, confira alguns itens que devem estar presentes na checklist dos veículos da sua loja de carros:

  • Documentação: é fundamental conferir de toda a papelada está em dia, como IPVA e DPVAT, bem como registro do chassi e quaisquer infrações de trânsito que estejam pra vencer. Confira também o manual e veja se todas as revisões foram feitas.
  • Exterior: procure por sinais de reparos ou repintura, assim como amassados, arranhões e pontos de ferrugem. Confira o estado dos vidros e palhetas, o encaixe das portas, do capô e do porta-malas e certifique-se do estado e do funcionamento dos faróis e lanternas.
  • Interior: verifique o estado dos pedais, do volante, da manopla e do painel; confira se há algum reparo a ser feito nos bancos, no teto ou nas partes de plástico; cheque o funcionamento das partes elétricas (vidros, ar condicionado, travas, luzes e limpadores)
  • Pneus e rodas: confira se há desgaste excessivo ou irregular dos pneus e não esqueça de realizar alinhamento e balanceamento. Verifique o estado da embreagem, das pastilhas de freio e das rodas e calotas.
  • Motor: peça para o mecânico procurar por vazamentos, oscilações e barulhos fora do normal, nível de óleo, sujeira, etc.
  • Suspensão: procure por vazamentos e outras irregularidades. Veja se apresenta alguma trepidação ou ruídos anormais.

Esses são apenas alguns pontos que podem ser observados. Cada negócio tem suas particularidades e sua forma de gestão, então não há um modelo de checklist ideal. Para montar a que melhor se adapte à sua empresa, tire um tempo e faça uma lista dos principais pontos que devem ser seguidos no dia a dia de cada área e função da empresa e faça melhorias sempre que necessário.

Hoje, é possível encontrar checklists digitais através de softwares e aplicativos mobile. Dessa forma, a lista de conferência pode ser feita tanto no computador quanto no celular ou no tablet.

A grande vantagem do formato digitalizado é a possibilidade de armazenar fotos dos veículo, garantir o horário em que a checagem foi feita e compartilhar as informações com o restante da equipe. Claro, papel e prancheta seguem sendo uma opção.

Independente do formato escolhido, é importante ter em mente que cada vez mais a checklist retorna à rotina da empresas, não sendo mais entendida como um procedimento ultrapassado ou de pouca utilidade. Na verdade, essa é uma ferramenta fundamental para auxiliar na organização e segurança da empresa e para manter os veículos em dia.

E você, já utiliza alguma checklist na sua revenda? Compartilhe conosco suas experiências e ideias. Escreva um comentário!

Compartilhar:

Deixe uma resposta